Como empanar salgados – receitas, dicas e método

Como empanar salgados – receitas, dicas e método

O que chama sua atenção ao ver um salgado na vitrine ou numa foto? A cor dourada? A aparência sequinha que já remete logo à crocância? Ou a combinação dos dois? Apresentação é tudo, não é mesmo? A gente já se imagina comendo e quando as expectativas de crocância e sabor são atendidas, o cliente volta, pede de novo, indica e ainda solta aquele: UAU! QUE DELÍCIA! Todo esse conjunto aliado à um ótimo atendimento são condições importantes para o alcance do sucesso.

Então, quer aprender mais sobre EMPANAMENTO? Aqui, você encontrará dicas, orientações e mais informações sobre essa etapa da produção de salgados.

Quer otimizar e padronizar sua produção? Conheça nossa linha de formadoras JETFOOD Clique ao lado e inicie uma conversa com nossos consultores.

Antes de tudo, vamos entender para que serve esse processo?

Empanar consiste em recobrir alimentos crus ou cozidos em misturas diferentes (que podem ser feitas à base de água, trigo, amido de milho, ovo, farinha e etc). Essa camada tem a intenção de proteger o preparo, melhorar o sabor e evitar a absorção de óleo enquanto está passando pelo processo de fritura.

O método mais conhecido de empanamento é o que leva ovo, farinha de trigo e farinha de rosca, porém, outras técnicas mais econômicas e rápidas são utilizadas e conferem um sabor todo especial ao salgado. Abaixo, estão as sugestões de utensílios necessários e logo mais as receitas e passo a passo.

 

UTENSÍLIOS:

– 01 bowl ou bacia (indicamos a de 3 litros);

– 01 peneira grande;

– Caixas de plástico (para dispor a farinha de empanamento e armazenar os salgados posteriormente).


Receitas:

MISTURA COM TRIGO:

– 01 litro de água filtrada;

– 300 gramas de farinha de trigo;

– 01 colher de sopa de vinagre de maçã.

MISTURA COM AMIDO:

– 01 litro de água filtrada;

– 04 colheres de sopa de amido de milho.

MISTURA COM LEITE:

– 500 ml de água;

– 500 ml de leite.

Quer otimizar e padronizar sua produção? Conheça nossa linha de formadoras JETFOOD Clique ao lado e inicie uma conversa com nossos consultores.

PROCESSO:

Para todas as receitas descritas acima, o processo é o mesmo: bata a mistura no mixer, liquidicador ou com um fouet, despeje no bowl e já encaixe a peneira. Coloque os salgados na peneira para receberem o banho da mistura e logo após passe na farinha de sua preferência (pode ser a de rosca ou a panko). Disponha os salgados na caixa que irá para o congelamento tomando o cuidado para não amassarem e perderem a forma.


DICAS:

– Os produtos feitos na máquina de salgados (também chamada máquina de coxinha) garantem um padrão na forma, nas quantidades de massa e recheio e agilizam a produção (produzem de 5 a 6 mil salgados e doces de 7 gramas por hora)!

– Após modelados, empane logo os salgados. Isso evita rachaduras e garante uma melhor cobertura ao empanar.

– Ao organizar a caixa para congelamento, não empilhe um salgado em cima do outro para que os mesmos não deformem.

– A farinha panko garante uma crosta mais crocante ao salgado.

Com as misturas, você pode empanar em média, 10.000 salgados de 7 gramas.

Se você quer conhecer também mais técnicas sobre congelamento e fritura, aqui no nosso blog tem post sobre isso e vários outros assuntos para você que quer empreender no ramo de salgados e doces ou turbinar seu negócio!

Conte conosco! Esperamos que tenha gostado!

Interlaser Máquinas

TUDO QUE VOCÊ PRECISA SABER SOBRE MÁQUINA DE SALGADOS PARA PRODUZIR MAIS EM MENOS TEMPO

Share this post

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *