Comidas congeladas – saiba mais sobre essa crescente demanda

Comidas congeladas – saiba mais sobre essa crescente demanda

PRATICIDADE: esse é o motivo principal que leva as pessoas a comprarem comida congelada. Já pensou, depois de um dia exaustivo no trabalho, encontrar no congelador ou freezer de casa a refeição ideal? Prático e rápido não é mesmo? Trabalhar com o ramo de alimentos congelados pode ser uma opção para empreender ou diversificar seu negócio!

Ao longo desse post, vamos listar os principais pontos sobre o tema.

 

   DEFININDO O CARDÁPIO:

Qual será seu ramo de atuação? Você venderá salgados congelados, por exemplo, ou irá optar por comercializar as refeições principais como nhoques e almôndegas? Trabalhará com linhas específicas como as veganas? Vai oferecer algo mais simples ou irá utilizar ingredientes mais requintados? Definir um cardápio é de extrema importância e lembre-se: não precisa variar muito as opções, facilite a vida do seu cliente no momento da escolha!

 

   ESCOLHA DOS INGREDIENTES:

Não se iluda! Quem come comida congelada, além de praticidade, busca sabor! Já foi o tempo que congelado era sinônimo de comida sem graça. Pode ser o prato mais simples possível, mas colocar tempero, personalidade e diferenciais no seu sabor farão diferença nas suas vendas. Fique sempre atento à qualidade dos ingredientes!

 

   TAMANHO DAS PORÇÕES:

Como você venderá as porções? Oferecerá tamanho família ou porções individuais? O seu público alvo comporta as duas opções? Estude seus possíveis clientes e ofereça a melhor alternativa! Se trabalha com salgados, por exemplo, pode criar o kit festa ou kit lanche.

 

   ESTRUTURA APROPRIADA

Se você optar por vender almôndegas ou nhoques, por exemplo, poderá contar com equipamentos de valores bastante acessíveis como as modeladoras (também conhecidas como máquinas de salgados, elas também fazem esses produtos) que agilizam o processo de produção. Além disso, é necessário ter freezer, claro, e as máquinas embaladoras.

 

   EMBALAGEM

A embalagem envolve alguns aspectos como:

– Rótulos contendo ingredientes, validade, como descongelar e consumir o produto;

– Qualidade e tipo de material que irá receber o alimento;

– Sacolas de entrega reforçadas (o alimento congelado molha, então precisa ser resistente);

– E devem ter a sua logomarca bem posicionada.

   ENTREGA

A conservação dos alimentos congelados deve ser mantida inclusive no momento da entrega. Se você for trabalhar com delivery, é importante estar atento à condição do prestador de serviço: ele possui o equipamento adequado para manter a temperatura do alimento? Poderá entregar em tempo hábil? Essas condições são essenciais para assegurar a qualidade do que você entregará para seu cliente.

 

E como se diferenciar no mercado? Uma das opções é fazer a releitura do que já existe. Vamos lá: falamos no início sobre os tamanhos das porções, e as individuais foi um dos exemplos. Que tal falar outra linguagem? Se você é solteiro e mora sozinho, ficaria tendencioso a levar qual opção?

Porção Individual OU Para você que é solteiro, a porção na medida certa!

 

E para as mamães, vender porções kids é uma ótima pedida, não é?

 

Outro diferencial é oferecer pacotes: com eles você pode ganhar a fidelidade do seu cliente e já ter aquela venda garantida.

Comercializar o prato principal e a sobremesa também é uma excelente forma de aumentar seu ticket de venda. Por exemplo, se você possui uma modeladora, com ela, além dos salgados, você também poderá produzir brigadeiros, beijinho, churros, biscoitos e tantos outros doces.

Não esqueça: atenção quanto à manipulação e conservação dos alimentos, bem como com a apresentação do seu produto final.

Esperamos que tenha gostado!

Até o próximo post!

Interlaser Máquinas

Quer otimizar e padronizar sua produção? Conheça nossa linha de formadoras JETFOOD Clique ao lado e inicie uma conversa com nossos consultores.

Share this post

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *