Manual de boas práticas e empreendedorismo

Manual de boas práticas e empreendedorismo

Olá,

O momento pede mais de nós! Criatividade, pensar fora da caixa, abastecer a mente de alternativas para o novo tipo de consumo que precisamos oferecer aos nossos clientes é a máxima que devemos seguir. O investimento no ramo de alimentação pode garantir: uma fonte de renda extra, sua independência financeira e uma alternativa excelente para o contexto atual, pois, as pessoas continuam comprando comida. Claro que é necessário pensar nas formas ideais de entrega, oferecer porções adequadas e focar em formas diferentes de apresentação do produto para que seu negócio seja bastante eficiente.

O material que segue está cheio de dicas e boas práticas para você. Vamos lá!

 

    1. PRODUTOS

O cliente mudou o comportamento de compra, isso é fato e pode ser que daí apareça para você um novo negócio ou linha dentro do seu negócio.

O momento pede porções menores. O kit festa pode se transformar em um presente para aquela pessoa que está longe ou mesmo, pode ser o lanche da família num final de tarde.

As comemorações continuarão a existir, mesmo que pequenas.

Vende o salgado frito ou já assado? Que tal começar a vender congelado em pequenas porções? Se alguém ficar indeciso em comprar a comida já pronta por causa do manuseio, dê mais essa opção. Como os salgados congelados são embalados em saco plástico, a sua higienização é bastante simples e dá uma segurança maior para os indecisos.

Salgados com preços menores, como as coxinhas de R$ 1,00 (um real) atraem os mais diversos públicos. Crie sabores novos e capriche na apresentação. Clique aqui e confira um e-book que preparamos com receitas inéditas pra você diversificar seu cardápio.

É possível ter lucro com Coxinha de 1 real?

   2. DIVULGAÇÃO

Publique, divulgue de forma a deixar seu cliente DESEJANDO seu produto. Utilize fotos e vídeos demonstrando o que você vende e lance nas suas listas de contatos e whatsapp. Quanto ao instagram e facebook, divulgar na “hora da fome” é uma excelente estratégia. Lembre-se de colocar seu telefone de contato sempre à vista.

Quer otimizar e padronizar sua produção? Conheça nossa formadora JETFOOD+? Clique ao lado e inicie uma conversa com nossos consultores.

    3. FRASES DE IMPACTO

A utilização de frases curtas que gerem uma necessidade e chamem atenção de forma rápida do seu cliente é um ótimo recurso.

    4. PROMOÇÕES

Estude seu negócio, veja os seus custos e verifique a possibilidade de divulgar ofertas e promoções atrativas como:

– Compre 2 e leve o terceiro grátis.

– De um % de desconto somente hoje.

– Na compra de um produto X, você leva de brinde Y.

– Desconto de um percentual para os primeiros compradores do dia.

– Voucher promocional para ser usado até dia xx.

– Crie os sabores do dia: para cada dia da semana, um salgado ou doce com preços especiais.

 

     5. HIGIENE

Lembre-se: os cuidados com a higiene sempre são importantes. Higienize corretamente seus equipamentos, utensílios e bancadas. Cuide para que todos estejam informados sobre a importância de manter as mãos limpas e certifique-se de que as pias estejam abastecidas com sabão, papel-toalha e álcool 70%. Além de lavar sempre as mãos, faça uso de máscaras, luvas e demais dispositivos necessários.

Higienize pratos, copos e talheres com cuidado e de maneira correta. Redobre a atenção em relação à isso! Mostre para seu cliente os cuidados que você tem. Mostre sua linha de produção, como o produto é embalado e seguro para o consumo. Verifique se os entregadores estão seguindo as orientações quanto ao assunto de forma correta.

Mantenha, se possível, o ambiente da cozinha bem ventilado. Caso utilize o ar-condicionado, verifique se está com os filtros limpos e a manutenção em dia.

     6. DELIVERY

Sua principal ferramenta, no momento, para fazer o produto chegar ao seu cliente. As vendas pelos aplicativos de entrega ou com motoboy próprio são a melhor forma de continuar faturando.

As pessoas continuam pedindo comida em casa, então, pedirão de você também.

INTERNET – Uma forte aliada para o aumento das vendas!

7. PAGAMENTO

Opte pelo pagamento por meios digitais (cartão de crédito ou débito). Evite ao máximo manipular cédulas e moedas. Se esse for o caso, lave as mãos e utilize álcool gel após o manuseio. Para os entregadores, oriente-os a utilizar o álcool gel antes e após a entrega realizada (necessário ter o mesmo cuidado em relação a máquina de cartão).

 

  8. FIDELIZAÇÃO DO CLIENTE

A criação do cartão fidelidade leva seu cliente a criar vínculo com o seu empreendimento. Verifique seus custos e veja o que é possível oferecer como recompensa para ele.

Não esqueça do pós-venda. Pergunte sobre a satisfação dele em relação à compra (caso haja alguma crítica, acolha e observe o que precisa ser melhorado, mas caso seja indevida, posicione-se de maneira educada).

 

Esperamos ter ajudado!

Caso deseje outras informações, gentileza entrar em contato. Será um prazer atendê-lo

Share this post

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *