O que considerar ao calcular o preço do meu produto

O que considerar ao calcular o preço do meu produto

Olá!

Você tem dúvidas sobre o que deve ser levado em consideração na hora de calcular o preço do seu produto?

Levantamos nesse post, aspectos que são a base para a formação de preços. Mas, para darmos andamento, tente responder as perguntas abaixo em relação ao seu negócio:

– Quanto custa produzir cada produto?

– Quais os seus custos fixos e variáveis?

– Qual o lucro almejado?

– Conhece o valor de mercado do seu produto?

Preparamos um e-book com receitas inéditas para você diversificar seu cardápio junto aos clientes. Clique no botão ao lado para o download

 

Conseguiu responder? Caso não, saiba que, sendo seu empreendimento grande ou pequeno, é de suma importância ter esses dados na “ponta do lápis”. Vamos lá?

      1. Custo da matéria prima

Para calcular quanto custa a matéria prima, é necessário fazer o levantamento de todos os valores que compõe o seu produto. Por exemplo, no caso da coxinha, quanto custa a farinha de trigo, manteiga, margarina, sal, flocos de batata, frango, leite, temperos… Frete, seguros e impostos também entram aqui. Importante fazer tal controle numa planilha, sistema ou mesmo tabela feita à mão para que você saiba exatamente qual o custo da matéria prima para produzir cada item ou unidade do seu cardápio.

Um dos segredos do sucesso, é saber comprar! Então, esteja sempre atento às promoções e facilidades para a compra de insumos, por exemplo.

     2. Custos Fixos e Variáveis

Os custos fixos são todos aqueles que produzindo/vendendo ou não, terão que ser pagos. Como exemplo, temos: aluguel, condomínio, IPTU, pro labore, salários e encargos…

Já os custos variáveis, como o nome diz, variam conforme sua produção ou venda. Aqui, entram: comissões de vendas, taxas de cartões de crédito, matéria prima, água, energia, gás, impostos sobre vendas…

    3. Lucro

É a diferença entre receita e todos os custos que foram necessários para produzir, comprar e comercializar seu produto. Portanto, defina quanto deseja obter de lucro e tente ser fiel à ele.

Quer otimizar e padronizar sua produção? Conheça nossa formadora JETFOOD+? Clique ao lado e inicie uma conversa com nossos consultores.

     4. Mercado

Analise seus concorrentes e seu público alvo. Verifique se seu preço está adequado ou se tem algo a ser modificado.

Todos os aspectos mencionados acima devem fazer parte do cálculo do valor unitário do seu produto e além deles, é importante considerar um adicional de 5 a 7% do custo total para “itens diversos” como: detergente, esponja, luvas, touca… Lembre-se também de acrescentar o valor da embalagem e entrega ao custo final.

Fazer esse levantamento de informações pode parecer bem trabalhoso, mas com isso, é possível definir novas estratégias de venda (ou compra), cortar custos desnecessários e principalmente aumentar seu lucro!

Boas vendas!

Interlaser Máquinas

Confira os 5 recheios que os clientes mais procuram

Share this post

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *